CDL - CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE CONCÓRDIA - SC

Notícias

Aumento de crimes no comércio preocupa empresários e CDL

09/09/2019

A criminalidade em Concórdia está em alta nos últimos dias e deixando a sociedade ainda mais apreensiva. Os crimes não têm ocorrido somente em residências, mas também no comércio. Só na semana passada, pelo menos três estabelecimentos foram invadidos por bandidos na região central do município: em um posto de combustíveis, em um estabelecimento de alimentação e em um outro comércio não especificado.

Isto pra não citar os casos que vem ocorrendo em diversos bairros. No Liberdade, por exemplo, nos últimos dias houve uma média de um arrombamento por dia em moradias. O fato até motivou uma reunião de moradores e do setor de segurança de Concórdia. Um assaltante chegou a ser preso em flagrante também na última semana naquela localidade.

Tudo isso tem feito com que diversos setores de Concórdia manifestem preocupação com as ocorrências. Uma das entidades é a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). O presidente Rogério Checcin afirma que o setor de comércio no município tem ficado preocupado. Uma das formas de se precaver ou auxiliar depois de crimes é o grupo de whatsapp Comércio Seguro, onde comerciantes mantém informações de possível ocorrências.

Em entrevista à reportagem da emissora nesta segunda-feira, dia 09,Cecchin destacou que há grande há vários anos. “Temos a preocupação. Há vários anos temos o grupo no whatsapp Comércio Seguro e já deu pra resolver várias situações. Quando a gente percebe algo de diferente, já entra em contato com a polícia. O que a gente consegue fazer, já tem feito”.

Mas, conforme o presidente da CDL, com o aumento da criminalidade no comércio, é preciso fazer mais. “A gente vem conversando com autoridades que seja feito algo a mais. Então a gente sempre preserva o nosso associado. A gente sabe o que é ter o estabelecimento arrombado. O grande problema são as leis. Estas pessoas são presas mas logo estão de volta”.

Cecchin explicou ainda que a polícia vem atuando mais fortemente no combate ao crime no centro de Concórdia, onde se concentra o comércio. Além disso, a ideia é incentivar ainda mais que os empresários aperfeiçoem a utilização de um sistema de monitoramento interno mais rígido que auxiliem na prevenção de crimes. Portas de ferros nos estabelecimentos é outro dispositivo pensado para ajudar nesta questão.


Fonte: Rádio Rural