CDL - CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE CONCÓRDIA - SC

Notícias

Calor aumenta procura por ar-condicionado e ventiladores em Concórdia

11/01/2019

A onda de calor nas últimas semanas com temperaturas que chegam à casa de 37°C e que segundo a meteorologia a sensação térmica em um dia ensolarado chega a até 40 graus aumentou expressivamente a procura por ar-condicionado, climatizadores e ventiladores em Concórdia, no Oeste catarinense. Os aparelhos que antes eram considerados artigos de luxo hoje estão na grande maioria das residências e empresas.

Nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro as temperaturas ficam acima da média e com o calor vem o desconforto. O resultado disso é o aumento na demanda nos estabelecimentos e por resultado a falta dos produtos e quem confirma são os lojistas. De acordo com o gerente da Schumann Móveis e Eletro Jovani Antonio Salvi muita procura nos últimos dias. “Não tem mais nenhum ar-condicionado e nem ventilador na loja, tem que esperar para a próxima semana quando um novo pedido chega. A maioria das fábricas esteve em férias coletivas no final do ano, e só começa a produção agora, então as lojas precisam se precaver com estoque, mas este ano a procura foi maior que a esperada. Na Black Friday também vendemos tudo de imediato devido a redução dos preços não tendo uma reserva. Antigamente as pessoas consideravam ter um ar-condicionado um luxo e até supérfluo, hoje já é visto como uma necessidade, principalmente para conseguir dormir bem e descansar no período da noite. São diversas marcas, modelos e preços todos com ótima saída, o que percebemos é que os clientes acabam pagando mais para ter a instalação no dia da compra ou no dia seguinte, ninguém quer esperar muito. Os ventiladores que geralmente são mais em conta igualmente possuem grande procura as novas tecnologias deixaram o produto sem ruído o que ajuda na hora da escolha”.

Na Bem Bom Móveis a situação é bem parecida explica a gerente Silvana Costa. “Estamos impressionados e contentes com a procura, neste momento faltam os climatizadores, que chegam novamente na próxima semana. Na lista do ar-condicionado mais vendido destaque para os de 9 mil Btus. Os ventiladores também estão com ótima procura, semana passada tínhamos terminado o estoque que felizmente foi renovado agora. Os modelos com tecnologia turbo e preços acessíveis despontam. A nossa intenção pensando em vender mais em janeiro é participarmos da Liquida Concórdia oferecendo ótimos descontos nestes produtos”.

A CDL Concórdia avalia de forma positiva a grande saída destes aparelhos que deram um refresco na crise do comércio. “O estoque nas lojas não está mais sendo suficiente o que confirma reação das vendas e ainda boas perspectivas de negócios para esse primeiro trimestre que deve continuar sendo de muito calor. A Liquida Concórdia que será realizada de 21 a 26 de janeiro também deverá ser uma oportunidade para os consumidores adquirirem esses produtos com preços reduzidos, pois boa parte das lojas especializadas nestes itens estarão envolvidos na campanha", avalia o presidente, Rogério Cecchin.

O gerente da Nova Móveis e Eletro Edivan Masson também fala do crescimento das vendas destes artigos em 2018 “O último trimestre do ano anterior nos surpreendeu positivamente, no começo de dezembro em diante quando começou o calor com maior intensidade finalizamos inúmeras vendas. Principalmente de climatizador, que nos últimos anos vem crescendo, tanto porque o valor vem caindo, assim como pelas facilidades de parcelamento das lojas e pela busca de qualidade de vida pois o climatizador é capaz de melhorar e muito a qualidade do ar. Quanto aos ventiladores, imaginávamos que tínhamos estoque para todo o verão, mas acabaram logo na semana antes do Natal. Fizemos novo pedido mais uma vez acreditando que teríamos para todo o verão, e acabaram no dia quatro deste mês novamente. Conseguimos comprar mais algumas unidades que chegaram ontem, mas não em grande quantidade pois as indústrias paralisam coletivamente no final do ano e agora já estão produzindo a linha inverno, restando apenas o que tem nos estoques. Estimamos elevação das vendas de 30 até 40% em relação ao mesmo período do ano anterior. Ainda sobre os climatizadores o prazo de instalação devido a grande demanda é de cinco até seis dias porque os técnicos não estão conseguindo dar conta de instalar tantos aparelhos”.


Fonte: Jornalista Responsável: Fabiana Passarin / Informações Sandra Batistella – ASCOM CDL Concórdia